sexta-feira, maio 19, 2006

Na A10, em direcçáo a Bordeaux, sáo 21.55hrs

Hoje
Faz anos que tu fos-te, ainda estou para saber para onde! Provalvemente só saberá quando for também; mas olha lembras-te das nossas conversas?
Pois, de tudo o que me deixas-te, EU Não quis nada. Sou simplesmente um camionista, como muita gente diz como se isso viesse no recibo d ordenado, Mas acima de tudo ninguém me chateia não ando atrás do clientes para receber e nem me preocupo a pagar ordenados. Pois, algumas mordomias foram-se eu sei mas Vivo Feliz, o dinheiro vai chegando. Ah! Por ti, ouço a tua musical, no camião que gostarias de guiar, concerto de aranjuez de rodrigo, um entre muitos que me levaste a ver, este aconteceu em Sevilha, fomos de propósito a assapar, e no regresso, com os meus 14 anos, deste boleia a um policia e eu atraquei os dedos na porta do Datsun. Um abraço meu PAI

5 comentários:

Anamargens disse...

É bom recordar, com saudade, aqueles que amamos e já nos deixaram. Também já perdi o meu pai, mas guardo dele doces lembranças, da sua bonomia, da sua amizade e carinho.
E se recorda ao som do "Concerto de Aranjuez", melhor ainda, porque é uma música linda, com um poema de encantar. Conheço bem e gosto imenso. Que seja boa, a viagem, que seja bom o regresso a casa.

ninguém disse...

Meu querido Fernando, adoro esse teu linguajar com o teu amado pai.
Muito bonita essa vossa relação de
cumplicidade.
Ele está em paz a ver as tuas traquinices...e certamente a sorrir-te.

Nunca te imaginei com um blogue de comentários interditos...Censura?Mas afinal quem somos, onde estamos?

Beijinhos

ninguém disse...

Ah! Desculpa, esqueci de assinar.

betania (sem censura!)

Anónimo disse...

You have an outstanding good and well structured site. I enjoyed browsing through it
» » »

Anónimo disse...

Very cool design! Useful information. Go on! » »