quinta-feira, outubro 30, 2008

ao novo aumento salarial

ora vamos cá ver uma coisa. Os tais Srs sabedores de cartilha e gravata dunhill, esses que se dirigem varias vezes ao povo como sendo o tal cidadão comum que não entende; Logo a partida irrita-me este tipo de frase, porque, na minha prespectiva do tal cidadão comum, deprendo que se não entendemos eis uma boa oportunidade para mostrarem a capacidade de explicar, o que não acontece, começa logo por aqui a mostrarem incapacidade, ou não se dão ao trabalho de explicar, porque o Português não é burro, faz-me lembrar uma fase da minha infância quando não queria que alguêm descobrisse que tinha sido eu que tinha partido a jarra, dizia...oh! tu não entendes.
Mas direciono este post ao Sr. Presidente de uma associação das pequenas, médias, menos médias empresas, no telejornal de quarta-feira, a reclamar, ameaçar até, que não renova contratos a prazo caso o governo va em frente com o aumento salarial, e , ainda tem a distinta lata de dizer que o governo esta prepotente. Meu caro senhor, depreendo que a sua ignorancia é realmente preocupante, os miseros 20 e tal euritos para quem ganha 400 tal euritos é muito dinheiro, acredito que o Sr. não tenha, a noção do quanto um trabalhador faz, casa trabalho casa trabalho para ter a ombridade de cumprir com os encargos que lhe são impostos.
Não entendo como é que (aqui dou razão ao primeiro ministro, sem gostos partidarios) se preocupam com tamanha mesquinhes, sejam adultos, sejam capazes, sejam gestores como se intitulam e façam o favor de puxarem pela cabeça em alternativas das mais variadas, não é no Gambrinus nem no elefante branco que vão sair das tais dificuldades, existem bons gestores com vontade e sabedoria que com estas declarações disparatadas o que mais apetece é emigrar, acrescento, Eu um Camionista como vocês chamam, (embora na minha folha de salarios venha motorista de pesados) tenho todo o prazer em lhe fornecer caso requisite, varias formas alternativas e com geitinho ainda as aplico na prática, basta para isso me dar condições para tal. Dê valor a remuneração, trabalhador contente é meio caminho andado para o seu bolso.Mas, imaginemos que não renovam os Contratos, imaginemos que vai toda a gente para o fundo desemprego, Já estou a ver que os empresarios não precisam dessa mao.de.obra, irão esses mesmo empresarios para as bancas gaspear sapatos ou orlar placas de mdf? Gostava de ver, com um banquinho a porta a apreciar.
Meus Srs. Sejam profissionais deixem-se de merdas
--- muito tinha para dizer.
É subsidios pelo primeiro emprego, é descriminação de idade, é assedio, é terrenos a custo apelativo, é tudo...e agora 20 tal euros?????!!!!!!
Raio de mechilhão que paga sempre...
Sabe o que eu lamento? é que quando eu tive uma empresa, com trabalhadores a ganharem acima da média, e, precisei de aumentar a mao de obra para desenvolver o meu circuito tanto na produção como na logistica, ninguèm se interessou, batalhei eu sozinho entre os 18 até aos 27 anos, pois cheguei a ter encomendas em 4 dias numa exposição que me deram trabalho para um ano inteiro, alguêm se interessou? alguêm se dirigiu a mim após eu ter anuncios e pedidos inclusivê escrito aos mais variados orgão do governo, nunca tive apoios nem financiamentos, paguei tudo e não despedi ninguem. Um empregado para mim é não so o funcionario colega como também a sua familia que esta por trás.
Vendi. assim como eu havera muitas outras, outras fecharam. Parem de atirar areia para os que vivem somente de um misero salario, que desempenham cada prabalho que lhe é atribuido da melhor forma que sabem, muito piores do que eu neste momento. Eu se tiver aumento, ofereço os meus 25 euros a uma familia necessitada. já estou como um jornalista num diario, peço desculpa não me lembrar o nome. Ora vamos dar as mãos para isto ir para a frente, eu dou as minhas duas mãos, quando os srs tirar as mãos dos bolsos...e mais não digo. from Askhim . Noruega :)

3 comentários:

t3resopolis disse...

alguem... um "guru da economia", afirmou, apostem nas pessoas, na máquina que vos faz crescer...
básico ! me parece
sem nós, nenhum País, cresce somos pequenos, mas somos muitos..

Nada mais verdade.

adorei a musica, adorei o texto...
é por aí mesmo.

beijo amigo

Amsilva disse...

ha quem tenha tanto que não imagina o que é preocupar-se com tão pouco...
ou , o que para um não é nada, para muitos é tudo!!
estes senhores queixam-se por aumentar uns miseros tostões indo pelas contas deles, mas a muitos lares seria a possibilidade de umas melhoradas refeições...
de minha opinião o governo deveria preocupar-se mais com quem trabalha, e deixar de sustentar quem nada faz, desta forma, poderiam baixar uns certos impostos e afins para poder haver mais aumentos, mas...
sou apenas um carroceiro, nada entendo de politica e de formas de como (des)governar um País...
Abraço

Anónimo disse...

Pois amigo a politica é assim, mas estes senhores esquecem-se que são trabalhadores que com o seu esforço diário, quer fisico e ou mental que produzem, e criam riqueza que para eles possam viver e possam deliciar-se com os baldes de w.....y, charutos, mariscadas,telemóveis, os cards golden, os BMW e os AUDIS etc, e vêm dizer que não podem pagar mais, quando acabará a escravatura e a boa vida impune que estes senhores levam