segunda-feira, maio 15, 2006

Podias ter vindo

Estou para aqui a falar sozinho no meio de um parque mais pareço um tolo sem rumo; É que a garrafa do gaz por ser nova e estar demasiado cheia nao quer acabar o que a outra começou. Mais valia ir ao restaurante...hum! Nem pensar, as batatas cozidas os legumes e etc. Zangavam-se. Ah! Estou em Astorga na A6 espanha claro, sabes, levo coca cola black, nao conhecia,nova garrafa...mas nao presta ja provei. Rumo a Paris onde devo descarrg quarta ao fim do dia, isto se nao fecharem as 5 como normal. Vou ver se o fogao apagou, pera aí, nao!! O taxo deita por fora e depois de ter mexido em pimenta preta acabei de esfregar um olho, Porra. Sabes podias ter vindo comigo, tenho saudades tuas. Boa noite pa tu.

2 comentários:

ninguém disse...

Fernando, nunca pensei que sendo tu um tipo porreiro, irias pôr trancas à porta do teu blogue e exigir que só quem for membro do Blogger possa comunicar contigo.Olha, inventei um código qualquer, mas custa-me com'ó carago
ter que deixar o meu belo nick para
poder entrar aqui. Porque não pões tb a hipótese "other"?
Imagino oque é faltar o gás...em certas alturas qd mais falta nos faz.
Beijinhos
betania

Anamargens disse...

Amigo,
Cá venho ver as suas reportagens...
Astorga me gusta, que já por lá passei. Não sou camionista, mas já dei umas voltas pela Espanha.
O tacho a entornar, o gaz a acabar, a pimenta a picar nos olhos...tudo isso a gente percebe, pelo menos quem também trata de tachos.
E percebe igualmente as saudades. Quando se está só, há sempre alguém que faz falta, não é?
Ela podia ter ido junto...